O Objetivo

É muito comum ouvirmos de pacientes que as dores nas costas, hérnias de disco, postura e formigamentos melhoraram devido à quiropraxia. Mas se esses fossem os únicos benefícios deste tratamento, ele seria muito parecido com outras profissões da área da saúde.

O objetivo que nos diferencia surgiu quando o primeiro quiropraxista, ao ajustar um osso desalinhado da coluna, reduziu o zumbido no ouvido do seu paciente.  Qual a relação entre a audição e a coluna? Uma relação nervosa, literalmente: além da audição, a maioria das funções mais importantes no nosso corpo é administrada pelo cérebro, que “conversa” com os outros órgãos através de nervos que estão muito próximos da coluna.

Tato, fome, trabalho muscular, batimentos cardíacos, emoções. O nosso cérebro precisa entender tudo o que acontece no nosso corpo para responder da maneira certa, necessitando que os nervos saiam da coluna sem nenhuma subluxação – um osso desalinhado que interrompe o fluxo de informações no sistema nervoso.

Quando a coluna está sem subluxações, o corpo funciona de forma mais eficiente, podendo melhorar a sua capacidade de cura e regulação, além de deixar o organismo mais resistente para futuras agressões. O trabalho diferencial do quiropraxista é remover essas subluxações para que o organismo consiga trabalhar da melhor maneira possível, sem colocar ou tirar nada do corpo, mas destravando a habilidade de cura que você sempre teve.

Coluna normal
Coluna subluxada
 
 

Técnicas

Se definirmos a atividade do quiropraxista em uma palavra, será ajustar, e para isso existem diferentes técnicas. O procedimento pode ser feito com as mãos auxiliadas de instrumentos, somente com instrumentos, ou pode ser feito puramente com as mãos.

Gonstead é uma das técnicas que decidi estudar mais à fundo, e utiliza apenas as mãos para ajustar a coluna. O ajuste é um movimento curto e rápido sobre uma articulação, com o paciente deitado ou sentado. Pode haver um estalido, então caso tenha algum desconforto em ouvi-lo, pode me avisar antes para nos adaptarmos.

 

Porém, não será bom ajuste se não soubermos onde estão as subluxações. Para isso, há análise de postura, de radiografias, palpações específicas de Gonstead e da técnica AMP (Advanced Muscle Palpation).

 

Dúvidas

Como me vestir para as consultas?

Roupa leve de exercício físico. Os homens ficarão sem a camisa e as mulheres podem ir com um top ou usar um dos nossos aventais juntamente com o próprio sutiã. É importante que a maioria das costas esteja à mostra para palpação, uso do medidor de temperatura e ajuste.

 

Contra indicações

A quiropraxia tem contra indicações relativas e absolutas. A relativa significa que o ajuste pode ser feito na região acometida, mas com adaptações respeitando a estrutura física do paciente. Já as absolutas podem impedir o ajuste em algumas regiões.Entretanto, um paciente com algum problema mais grave como por exemplo Síndrome da Cauda Equina pode ter a região cervical ajustada e ter uma melhora da saúde. Por isso é importante procurar um profissional qualificado para a correta análise da sua coluna. Caso tenha alguma dúvida sobre o seu caso em especÍfico, entre em contato comigo ou agende uma conversa gratuita.

Que exames levar?

O quiropraxista devidamente treinado sabe interpretar exames de imagens como ressonância magnética, tomografia e radiografia, sendo esta última a mais importante para a técnica que uso.

 

Rua Jorge Tibiriçá, 98 • Vila Mariana • 04126-000 SP